Responsabilidade Social

Amigos em Ação

Entidades Já Beneficiadas

Fundação Terra (Instituto Pe. Airton Freire em Fortaleza)

Localizada no Município de Arcoverde-Pe, distante 300 Km da capital pernambucana, a Fundação Terra se notabiliza pela seriedade e dedicação na ajuda aos mais necessitados da denominada Rua do Lixo, mediante a execução de projetos sócio-educativos voltados para a população socialmente excluída.

Dentre outros, a Fundação Terra disponibiliza aos carentes Creche e Escola, atendendo cerca de 500 crianças; Asilo, onde são abrigados 15 idosos; Maternidade, com capacidade para atender até 30 gestantes; Casa de Abrigo Noturno, para os sem-teto, além de projetos de inclusão social, tais como confecção de vestuário, apiário, cursos para fabricação de calçados, reciclagem de papéis, acompanhamento de pequenos produtores rurais, etc., propiciando condições mais humanas à população da região.

Por oportuno, tal estrutura gera um custo mensal da ordem de R$ 100.000,00(cem mil reais) à Fundação Terra, que funciona tão somente graças à valorosa colaboração de admiradores do trabalho social, especialmente de pessoas residentes nos Estados do Ceará, Pernambuco e Minas gerais.

Dentro dessa perspectiva, foi criado também, no dia 14 de Julho de 2.005, o Instituto Pe. Airton Freire, sediado em Fortaleza-CE, que tem como um dos objetivos estatutários implementar, em nosso Estado, parte das ações desenvolvidas em prol dos moradores da Rua do Lixo, possibilitando que carentes da população cearense também possam se beneficiar com iniciativas praticadas em terras pernambucanas. O Sr. Felipe Régis Vitoriano é o atual responsável pela entidade em Fortaleza.


Fraternidade de Aliança Toca de Assis

Compõe-se de membros masculinos e femininos que realizam vínculos sagrados de castidade, pobreza e obediência, empenhados na única e fraterna missão e apostolado conforme dita o carisma dado por Deus Uno e Trino, Sumamente amado. Essa entidade realiza o trabalho específico com moradores de rua debilitados fisicamente. Os voluntários dessa casa(todos se chamam irmãos) se dedicam a pessoas carentes de teto e atenção - geralmente, homens saídos de hospitais ou abandonados pelos parentes("porque dão muito trabalho ou as famílias são muito pobres") e que vão permanecer, na Toca, o resto(o que sobra) da vida. Esses missionários franciscanos ainda saem às ruas, buscando quem, por doenças sem volta ou pela idade sem trégua, está no extremo. A Toca de Assis sobrevive da Providência de Deus e de doações espontâneas(roupas, alimentos, materiais de limpeza, medicamentos e do trabalho voluntário).

Irmão Ágape é o atual responsável pela unidade masculina Casa Aliança São José, localizada à Avenida João Pessoa, 5.052 - Damas e o irmão Samuel é o responsável por todas as unidades do Nordeste.


Fundo de Apoio Comunitário - FAC

Funciona como uma creche-escola que assiste 250 crianças e adolescentes carentes, entre 2 a 15 anos, no Jangurussu. O FAC foi fundado em 30 de junho de 1982, pelo padre Fred Sólon, através de um grupo de encontro de casais com Cristo da Paróquia de Santo Inácio. Atualmente, a instituição é presidida pela senhora Vera Lúcia Rocha Figueiredo.


Cáritas Arquidiocesana de Fortaleza

A Cáritas Arquidiocesana de Fortaleza existe desde 15 de outubro de 1967, funcionando como a entidade filantrópica da Igreja Católica de Fortaleza. Sem fins lucrativos, assiste a diversas comunidades carentes das áreas de risco e da periferia de Fortaleza. O padre Hemetério Alexandre de Santiago é o seu atual diretor.


Casa da Amizade de Fortaleza - Associação das Esposas de Rotarianos de Fortaleza

Fundada por Mariinha da Costa Ribeiro, avó do Ex-Governador Tasso Ribeiro Jereissati, a instituição existe desde 1944 e assiste idosos em regime aberto propiciando aos mesmos, atividades recreativas e de integração social. Maria Celeste da Cunha Cavalcante é a sua atual presidente. Beatriz Rosita de Campello Gentil Philomeno Gomes, Maria Noélia Bandeira de Melo e Maria Josilda Botelho Belchior, dentre outras, fazem parte da galeria de ex-presidentes desta casa.


Casa do Menino Jesus - Obra das Filhas do Amor de Jesus Cristo - OFAJC

A Instituição Obra das Filhas do Amor de Jesus Cristo teve sua fundação em 15 de Maio de 1980, porém realiza seu trabalho sócio-religioso na Casa do Menino Jesus-OFAJC, desde 8 de dezembro de 1987. Sem fins lucrativos, abriga crianças portadoras de câncer, oriundas do interior do Ceará e de outros Estados, com acompanhante responsável, oferecendo-lhes assistência espiritual e material: hospedagem, alimentação, medicação, tratamento odontológico, cursos práticos, prevenção do câncer para acompanhante, acompanhamento escolar e outras formas de educação e apoio moral, psicológico e religioso. Irmã Maria da Conceição Dias de Albuquerque é a atual responsável pela casa.


LAR TORRES DE MELO

O Lar Torres de Melo (Ex-asilo de mendicidade do Ceará) é uma Instituição Filantrópica de Utilidade Pública, fundada em 10 de Agosto de 1.905 pela maçonaria.

Seu principal objetivo é de prestar assistência integral a idosos carentes, a partir de 60 anos em regime de internato.

Seu atual presidente é o Gal. Fco. Batista Torres de Melo.

Durante mais de três décadas José Ramos Torres de Melo pai do Gal. Fco. Torres de Melo exerceu gratuitamente a presidência dessa entidade.

Motivados pelo espírito de fraternidade e solidariedade, a maçonaria e a família Torres de Melo entendem que os problemas sociais devem ser compartilhados e amenizados através de parcerias com todos os segmentos da sociedade.


Sede Atual do Lar Tôrres de Melo
Rua Júlio Pinto, 1832, Jacarecanga


IPREDE

Foi constituído em 16 de Junho de 1986 e iniciou suas atividades em uma enfermaria do Hospital Infantil Albert Sabin, atendendo exclusivamente em regime de internação.

Os registros do Serviço de Atendimento Médico e Estatístico (SAME) indicam que a instituição, desde muito cedo, começou a se preocupar com a prevenção à desnutrição. Em 1992 foi iniciado o Programa de Aleitamento Materno pelo ambulatório. Ainda nesse ano, foi implantado o Programa Preventivo, no qual as crianças tinham quatro atendimentos, e, se não apresentassem evolução satisfatória, eram encaminhadas para abertura de prontuário.


Sede Atual - Rua Professor Carlos Lobo, 15
Cidade dos Funcionários

Com o objetivo de melhorar sempre a qualidade do trabalho realizado pela instituição, muitas outras mudanças e adaptações foram realizadas. É relevante citar a implantação, do Protocolo para Tratamento de Crianças com Desnutrição Grave, recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), em novembro de 1995, tendo sido o IPREDE a primeira instituição no Brasil e na América Latina a implementá-lo. Sua atual Presidente é a Sra. Maria Inês Cabral de Araújo.


Hospital da Misericórdia de Fortaleza

Em 1.851 devido a uma grande epidemia de febre amarela, a construção da Santa Casa é iniciada, mas esteve sempre ameaçada de ceder lugar ao Liceu a ser fundado, ora a Biblioteca Pública, que ainda não tinha sede.

Sendo precário o estado sanitário de Fortaleza, embora ainda não estivesse concluída a construção, foram abertas duas enfermarias da Santa Casa aos doentes mais carentes, que logo ficaram lotadas. Ainda em janeiro de 1.857, o Presidente Província, Paes Barreto, cede as salas e enfermarias para o Liceu, que permanece ali até 1.861, quando só então ocorre a inauguração formal da Santa Casa.

A Santa Casa foi construída inicialmente com recursos públicos fornecidos à Província, mas o seu funcionamento não era prioritário, sendo o funcionamento da Biblioteca e do Liceu priorizados no momento, devido a uma pressão da intelectualidade e das famílias abastadas, que desejavam ver seus filhos estudando em Fortaleza e não mais se deslocando para outras regiões.

Ao iniciar-se o século XX a Santa Casa de Fortaleza, apesar das dificuldades financeiras, prosseguiu empenhada, visando o melhoramento da trágica situação de saúde do povo cearense. Devido a grande calamidade pública que foi a seca de 1.915 a Santa Casa passou a atender a uma grande massa de retirantes. Dez anos depois, a Santa Casa passou a se firmar como um hospital de alta tecnologia, ao ser o pioneiro no Estado, na introdução do serviço de radiologia ao inaugurar no dia 29 de junho de 1.925 o primeiro aparelho de raio x.

Até o ano de 1.932, Fortaleza não dispunha de socorro de urgência. Pelo espaço de 4 anos funcionou na Santa Casa o primeiro serviço de urgência, quando em setembro de 1.937 foi inaugurado o Pronto Socorro Dr. José Ribeiro Frota.

Na década de 70 a Santa Casa passou por modificações em seus estatutos, quando se desligou da gestão da Diocese de Fortaleza, tornando-se a maior escola prática de medicina no Ceará, onde passou a oferecer ao estudante de medicina, ao médico e a todos os profissionais de saúde uma aprendizagem das mais significativas até hoje. Nos anos 80 a Santa Casa passou a integrar um modelo de atendimento médico baseado no Sistema Único de Saúde - SUS, e como um hospital filantrópico, passou a sofrer todas as consequências que a saúde pública vem atravessando em nosso país.

O Cel. Lívio Silva de França é o atual provedor da Santa Casa, tendo na vice-provedoria o Sr. Luiz Gonzaga Nogueira Marques.


Foto da fachada da Santa Casa
Sede atual do Hospital da Misericórdia de Fortaleza
Rua Barão do Rio Branco, 20, Centro


Fraternidade Aliança Toca de Assis

Compõe-se de membros masculinos e femininos que realizam vínculos sagrados de castidade, pobreza e obediência, empenhados na única e fraterna missão e apostolado conforme dita o carisma dado por Deus Uno e Trino, Sumamente amado. Essa entidade realiza o trabalho específico com moradores de rua debilitados fisicamente. Os voluntários dessa casa(todos se chamam irmãos) se dedicam a pessoas carentes de teto e atenção - geralmente, homens saídos de hospitais ou abandonados pelos parentes("porque dão muito trabalho ou as famílias são muito pobres") e que vão permanecer, na Toca, o resto(o que sobra) da vida. Esses missionários franciscanos ainda saem às ruas, buscando quem, por doenças sem volta ou pela idade sem trégua, está no extremo. A Toca de Assis sobrevive da Providência de Deus e de doações espontâneas(roupas, alimentos, materiais de limpeza, medicamentos e do trabalho voluntário).

Irmão Ágape é o atual responsável pela unidade masculina Casa Aliança São José, localizada à Avenida João Pessoa, 5.052 - Damas e o irmão Samuel é o responsável por todas as unidades do Nordeste.


Desafio Jovem do Ceará

O Desafio Jovem do Ceará nasceu no coração do médico Silas Munguba, que em 1.971 iniciou sua jornada de estudos e palestras sobre drogas ao tomar conhecimento de que milhares de jovens estavam destruindo suas vidas por causas de certas substâncias.

Como o problema se alastrava com rapidez o Dr. Silas sentiu a necessidade de criar uma casa para ajudar aqueles que já estavam em estágio avançado de dependência química. Foi então inaugurado, em 16 de Junho de 1.975, o Desafio Jovem do Ceará.

Essa entidade conta com o trabalho de psicólogos, assistentes sociais, terapeutas ocupacionais, educadores religiosos, professores de música, instrutores físicos e monitores que fazem o acompanhamento dos internos durante as 24 horas do dia. Esta equipe trabalha na recuperação física, mental e espiritual. O Desafio Jovem atua também na prevenção primária, através de palestras realizadas em colégios, universidades, encontros de casais e de jovens, clubes de serviços, empresas, comunidades, forças armadas e outros. Antônio Cláudio Vasconcelos é o atual presidente dessa entidade.


Comunidades Pagã e Estrada Nova

O município de Aquiráz, distrito de Tapera, onde se localizam as comunidades de Vila Pagã e Estrada Nova, tem como características uma população com baixos rendimentos familiares, precária escolaridade, desemprego e limitado acesso a serviços de saúde e saneamento domiciliar. Esta falta de perspectiva para o futuro se traduz em desesperança, frustração e baixa auto-estima, especialmente da população mais jovem.

Cerca de 140 famílias de pequenos agricultores, aproximadamente 600 pessoas, são residentes nas localidades acima citadas. Essa população é constituída de caseiros, herdeiros de pequenas áreas agrícolas, assalariados temporários da indústria local e propriedades maiores e presumivelmente alguns chefes de famílias são aposentados. No entanto, não há trabalho remunerado permanente. Eles praticam uma agricultura de subsistência (agricultura de quintal) cultivando preferencialmente milho, feijão e mandioca em terras cedidas por alguns donos de propriedade maiores existentes na região e poucas mulheres fazem artesanato.


Centro Católico de Evangelização Shalom

O Shalom é uma Comunidade Católica reconhecida pela Igreja como Associação Privada de Fiéis, cujo enquadramento canônico, no que hoje a Igreja chama "Comunidades Novas", se deu em 22 de Fevereiro de 2007.

Os programas de evangelização servem a Igreja por meio de uma consagração de vida, tendo como fim último a evangelização e a formação de filhos de Deus. São chamados a ser, no interior da Igreja, discípulos e ministros da Paz; a acolher, viver e anunciar ao mundo a Paz que é o próprio Jesus (cf. Ef 2,14).

Nascida no meio dos jovens em 1.982, através de seu Fundador Moysés Louro de Azevedo Filho, a Comunidade surgiu de um ardente desejo de evangelizar os jovens mais afastados de Deus. Transformaram uma lanchonete em um meio de atração dos jovens a Deus. A Comunidade Católica Shalom é formada por homens e mulheres que se doam a Deus.

Os programas de evangelização realizados, contam com projetos de catequização e de centros comunitários, abrigos, creches e trabalham também com a recuperação de dependentes.


Associação Pestalozzi do Ceará

A Associação Pestalozzi do Ceará é uma entidade filantrópica que atende pessoas portadoras de necessidades educacionais especiais. Atuando na área da Educação, Reabilitação e Preparação para o Trabalho. Fundada em 10 de março de 1956, pela professora Eunice Barroso Damasceno, a entidade é pioneira no Estado no campo da educação para deficientes mentais. A entidade acredita e investe no desenvolvimento global de seus alunos, na valorização do ser humano, no respeito ao próximo, num atendimento de qualidade e na estimulação para a formação de profissionais.

A instituição é vinculada à Federação Nacional das Sociedades Pestalozzi (Fenasp), inspirada no trabalho do pedagogo suíço João Henrique Pestalozzi, que desenvolveu a metodologia "o pensar, o fazer, o amar". Estimular a inclusão social e a promoção da cidadania é o grande objetivo da instituição. É através do compromisso com a Educação que se baseia a prática diária da Associação Pestalozzi do Ceará.

As ações são compostas de reuniões, seminários, planejamentos, cursos de capacitação, realização de projetos, participação de voluntários, órgãos e parcerias, todos envolvidos no bom resultado das metas propostas.

No Ceará, Eunice Damasceno também expandiu o trabalho ao interior, fundando unidades nos municípios de Barbalha, Missão Velha, Campos Sales, Mauriti, Porteiras, Jardim, Abaiara, Quixeramobim, Crateús e Milagres. Hoje, a Associação Pestalozzi atua de acordo com as diretrizes da educação especial na educação básica, preparando para o trabalho por meio da identificação das capacidades e habilidades nas oficinas produtivas, contribuindo, assim, para a inserção social.


Lar da Criança Domingos Sávio

O Lar da Criança Domingos Sávio é uma instituição de origem tipicamente comunitária. Em 1.988 Irmã Petronilla Isonni que desenvolvia um trabalho de catequese e educação continuada nas favelas do bairro da Vila União, constatou a necessidade de ampliar seu trabalho que na época atendia 20(vinte) crianças na residência de uma moradora local.

Com o apoio da pastoral da criança, amigos e moradores, a Irmã Petronilla arrecadou recursos para construir a sede da entidade. O nascimento do LAR proporcionou o afastamento das crianças carentes da marginalização e delinqüências. Com a nova instituição novas crianças foram migrando do ócio para o dia-a-dia cheio de carinho, atenção, educação, higiene, saúde e alimentação - tendo assim, acesso a formação integral como cidadãos de direitos.

Vivendo basicamente de doações não pontuais, o Lar da Criança Domingos Sávio, atendeu em média mais de 3.300 crianças carentes em seus 20 anos de existência proporcionando uma vida digna para cada família que estava inserida no programa.

Por ser uma entidade filantrópica, sem fins lucrativos, o Lar vive em busca de parceiros para continuar lutando por sua missão - proteger e auxiliar crianças e adolescentes, partindo de uma formação integral(orientação pedagógicas, aulas de higiene, religião e recreação e assistências médico-odontológicas).

A entidade assiste atualmente 350 crianças e jovens de 4 a 16 anos, no período complementar a escola regular oferecendo reforço escolar, oficina de teclado, dança, ballet, coral, fantoche, futsal, violão e flauta, além de salas de leitura e desenho. Além das crianças e adolescentes a entidade atende ainda aos pais, proporcionando palestras sócio-educativas com ênfase em questões de formação cidadã.

Outra atividade desenvolvida é o projeto lumear que, aos sábados atende crianças com dificuldade de aprendizagem através do acompanhamento de 10 psicopedagogas que voluntariamente contribuem para a entidade.

Simônica Maria de Oliveira é a atual diretora-presidente da entidade.


Escola de Trabalho Oficina do Senhor

A Oficina do Senhor é uma associação ligada a Comunidade Católica Face de Cristo, esse projeto é dedicado à prestação de serviços essenciais de assistência social, saúde, cultura e formação religiosa para crianças e adolescentes carentes, moradores dos bairros Papicú, Cidade 2000, Cocó, incluindo as seguintes áreas de risco social: Favelas Pau Fininho, Gengibre, Barreiro da Cid. 2000, Placas, Brahma, Verdes Mares e Areias mediante as seguintes atividades:

  • Desenvolver artes manuais e atividades recreativas e culturais para crianças e adolescente;
  • Oferecer reforço escolar para crianças até 11 anos;
  • Oferecer catequese; formar grupos de oração; promover ação evangelizadora na escola e na família;
  • Oferecer à alfabetização de adultos (pais, mães e avós) da comunidade sem escolaridade;
  • Oferecer atendimento, orientação e aconselhamento nas áreas psicológica e espiritual;
  • Realizar cursos de iniciação e capacitação profissional para jovens e adultos;
  • Oferecer cursos de artesanato para crianças e adolescentes;
  • Oferecer cursos de capacitação profissional para jovens e adultos;
  • Proporcionar atendimento na área de saúde;
  • Promover eventos comemorativos de datas no calendário cívico, social e religioso.

Sua atual diretora é a Sra. Célia Nóbrega.


SOL - SOLIDARIEDADE, OPEROSIDADE E LIBERDADE

SOL(SOLIDARIEDADE, OPEROSIDADE E LIBERDADE) - É uma ação política social que se desenvolve na área geográfica de Fortaleza no bairro Praia do Futuro II / Caça e Pesca.
Originou-se de um grupo de mulheress empenhadas em contribuir na construção de uma sociedade humana justa, traduzindo-se num projeto de promoção humana com serviços de educação, cultura, lazer e economia. A garantia dos serviços desenvolvidos pelo grupo Sol viabilizou-se por movimentos para angariar recursos financeiros. Esses movimentos envolveram membros da sociedade civil e de poderes públicos constituindo-se de atividades como: feirinhas, jantares beneficentes, carnês, boletos, notas fiscais e outros, somando-se, ainda, a colaboração de amigos com as mais diversas ações. Considerada utilidade pública pelo estado e pelo município a SOL - Solidariedade, Operosidade e Liberdade, é uma entidade civil sem fins lucrativos, que tem como proposta elevar o nível cultural da comunidade agindo na dimensão da educação infantil e no ensino fundamental e nos diversos segmentos familiares e comunitários. Para tanto, a Escolinha atende, nos dias atuais 103 crianças de 3 a 8 anos acolhendo-as em tempo integral, com 3 refeições, banho, repouso, excursões culturais e recreativas, aulas de capoeira, música, coral e intercâmbio com outras escolas.
Promove, ainda, a auto-estima dos pais e mães por meio de ações concretas que busquem o fortalecimento da família e a inclusão social, pois entende que não se pode cuidar da criança, isolando-a de seus familiares. Para tanto são oferecidos cursos de culinária, de trabalhos manuais e de pintura em tecido.
 
Sua atual presidente é a Profa. Nildes Alencar.

ORFANATO CASA DE JEREMIAS

A Casa de Jeremias é uma proposta de atuação social que acolhe crianças abandonadas de 0 a 3 anos. Entretanto, essa atitude não ocorreu de forma deliberada; surgiu do ideal de Soraya Palhano preocupada com o futuro das crianças que são abandonadas pelas famílias e que, impossibilitadas de garantir suas sobrevivências, necessitam de um apoio daqueles com melhores recursos, tanto físicos e psicológicos, como econômicos e culturais, para que as crianças consigam crescer melhor preparadas para o enfrentamento das dificuldades que a vida oferece.

Dessa forma, o abrigo compreende a necessidade da própria sociedade agir em prol de um resgate afetivo, emocional e educacional dessas crianças, para que tenham a oportunidade de se integrarem em sociedade de uma forma mais justa, e em vistas de se constituírem como representantes de uma parcela da população que pretendam lutar pelo cumprimento de direitos e deveres que visem a garantia de uma melhor qualidade de vida.

Em obediência a Deus, inspirada nos valores cristãos, Soraya Palhano conseguiu construir a Casa de Jeremias compartilhando suas conquistas pessoais e profissionais, bem como envolvendo sua família, amigos e profissionais das áreas administrativa, saúde e educação nessa proposta.

Na Casa de Jeremias optou-se por uma atividade de acolhimento de crianças abandonadas na faixa etária de 0 a 3 anos, de forma a resgatá-las de situação de risco em que se encontram. Sendo assim, todas as pessoas envolvidas com as atividades dentro do abrigo, devem aspirar uma sociedade mais justa, humana, fraterna e democrática, com homens críticos, politizados, de ampla visão de mundo, capazes de superar os preconceitos sociais; uma sociedade em que todos usufruam dos direitos e deveres presentes na Constituição Brasileira.

Durante todo o processo de convivência e acolhimento, as crianças serão submetidas aos cuidados com sua saúde e educação. Esta, deverá basear-se no desenvolvimento de uma prática que respeite e compreenda seus aspectos psicológicos, relacionais e cognitivos em acordo com o seu desenvolvimento como um todo, favorecendo sua personalização, aprofundamento a consciência de sua dignidade humana, permitindo sua livre autodeterminação, promovendo seu sentido comunitário, na formação para a integração e atuação social.

O projeto da Casa de Jeremias não se encerra aqui. Como todo fruto da atividade humana, ele também será analisado constantemente, discutido e aperfeiçoado anualmente ou sempre que necessário, para que sejam feitas adaptações, modificações e alterações de acordo com as propostas metodológicas que forem surgindo e as necessidades inerentes à sociedade que venha construir essa comunidade.

O que se pensa e se quer é construir e manter uma instituição com qualidade nos seus serviços a que se propõe, inserida nos novos tempos, e que aponte para a reflexão constante do conceito de ação cristã, fraternidade, solidariedade e educação, de modo a estar sempre conectada com a sociedade, consciente de seus desafios, formadora de cidadãos capazes de aprender e conscientes de seus direitos e deveres, de liberdade e de igualdade.

Sua atual presidente é a Sra. Soraya Palhano.


EDISCA - ESCOLA DE DANÇA E INTEGRAÇÃO SOCIAL DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE

A EDISCA é uma organização não-governamental sem fins lucrativos que promove o desenvolvimento humano de 400 crianças e adolescentes em desvantagem social, sediada em Fortaleza, Ceará. Em seus 20 anos de atividades, a arte tem estado na centralidade do ambiente pedagógico da instituição, promovendo o desenvolvimento individual e social na perspectiva de uma educação sensível que reflita uma ética biofílica.

Dentro deste contexto, a instituição se legitima em três dimensões de atuação. A primeira, no atendimento direto aos educandos e seus familiares nas áreas de arte, educação, nutrição e saúde. A segunda, na pesquisa, produção e sistematização do conhecimento gerado a partir da observação de sua práxis; e a terceira, na disseminação de sua tecnologia educacional estimulando e nutrindo outras organizações que compartilham dos mesmos princípios.

As práticas institucionais são estruturadas e desenvolvidas através das seguintes áreas:

Área Artística

O contato com as diversas linguagens e técnicas artísticas proporciona ao educando, além da experiência estética, o desenvolvimento de uma percepção sensível, crítica, criativa e propositiva de si mesmo, do outro e do seu entorno.

  • Edisca Companhia de Dança e Programa Corpo de Baile (aulas de dança, construção de espetáculos de dança, manutenção de repertório, apresentações)
  • Grupo de Teatro (aulas de teatro, construção de esquetes e peças, manutenção de repertório, apresentações)
  • Programa Primeiros Passos (possibilita aos educandos o primeiro contato e o desenvolvimento da linguagem da Dança)
  • Artes Visuais (Busca iniciar os educandos no universo das formas, volumes, cores, texturas, perspectivas e proporções)

Área Pedagógica

A atuação desta área reflete o princípio institucional de que é preciso promover uma educação de qualidade, responsável e comprometida com a transformação social, atendendo as exigências do mundo contemporâneo, garantindo a eqüidade e a promoção do desenvolvimento humano.

  • Fortalecimento do Ensino Formal (Aulas expositivas, dinâmicas de grupo, jogos pedagógicos e psicomotores, rodas de leitura, pesquisa na biblioteca e Internet, educação para valores e estudos dirigidos)
  • A Vida é Feminina (programa de fortalecimento do núcleo familiar, oficinas profissionalizantes e alfabetização de adultos)

Área Social

Esta área tem por objetivo garantir às crianças, adolescentes e familiares, condições de usufruírem uma saúde plena e bem-estar.

  • Nutrição (Busca minorar a situação de carência calórica e protéica das crianças e adolescentes atendidos, assim como dos familiares envolvidos no projeto A Vida é Feminina, proporcionando-lhes uma alimentação rica e balanceada)
  • Atendimento nas diversas especialidades médicas (Busca garantir o acesso aos meios de promoção e controle da saúde, como também a formação de atitudes de vida saudáveis)
  • Psicologia (Gerar e promover ações de intervenção psicossocial com os educandos, familiares e educadores, visando contribuir para o desenvolvimento equilibrado e integral das pessoas e sistemas)

Sua atual diretora é a Sra. Dora Andrade.


LAR AMIGOS DE JESUS

Desde 1987, as religiosas Ir. Maria da Conceição Dias de Albuquerque e Ir. Maria de Lourdes Rabelo, no renovado ardor missionário e unificadas aos voluntários desenvolvem um trabalho eminentemente humano e solidário, pautado nos princípios da ética, da transparência, da solidariedade e do compromisso no atendimento a Crianças e Adolescentes com Câncer.
Com a denominação jurídica de Associação dos Missionários da Solidariedade, através do Lar Amigos de Jesus no âmbito de suas ações sem fins lucrativos, desenvolve um trabalho gratuito de acolhimento, apoio e assistência a Criança/Adolescente com Câncer vindas do interior do Ceará e outros Estados. Garantindo hospedagem com espaço físico diferenciado e humanizado, relações de atividades, vivências de cooperação, visando a continuidade do tratamento especializado, a obtenção de ato estima, a socialização e ações solidárias mas áreas de Educação, Oficinas de Cursos práticos/terapias, Integração Social, Saúde, Serviço Social, Lazer, Religião.

A irmã Maria da Conceição Dias de Albuquerque é a atual presidente da entidade.

CASA SOL NASCENTE

Com a denomição jurídica de OSNSG - Obra Social Nossa Senhora da Glória, através da Casa Sol Nascente a entidade possui o objetivo declarado de acolher crianças e adultos vivendo e convivendo com o HIV/AIDS. A Casa Sol Nascente é uma das 19 entidades que congregam o CEU - Condomínio Espiritual Uirapuru, que mantém e realizam atividades educacionais, culturais, sociais, religiosas, dentre outras, e em sua missão, "ama e acolhe na unidade, orando e doando-se, concretamente, de forma solidária, com alegria e humildade, a todos os seres humanos em busca de vida plena". Em 2.007 o CEU foi reconhecido como área institucional.
A entidade funciona com duas sedes(uma para adultos e a outra para as crianças) à Av. Alberto Craveiro, 2.222 - Castelão.

O Sr. Arilo Deodato Lima é o atual presidente da entidade.

LAR BENEFICENTE CLARA DE ASSIS

O Lar Beneficente Clara de Assis é uma instituição filantrópica, sem fins lucrativos, que tem como objetivo assistir às crianças, adolescentes, idosos e gestantes pobres da comunidade carente de Iparana, em Caucaia, Ceará, nos masi variados setores como: EDUCAÇÃO, PROFISSIONALIZAÇÃO, SAÚDE, ESPORTE, CULTURA, LAZER E MORALIZAÇÃO DO SER(Educação do Caráter).

Tudo começou em Dezembro/99, quando cerca de 30 voluntários(pessoas de diversos setores e de diversas formações profissionais) se reuniram e fundaram o Lar Beneficente Clara de Assis, que passou a apoiar uma comunidade carente composta em sua maioria pelos índios Tapebas, na Vila Guaié, na localidade de Iparana, no vizinho Município de Caucaia, sendo esta a maneira que estas pessoas escolheram para exercer sua Responsabilidade Social de forma mais significativa, e assim, as atividades de promoção social foram iniciadas sob as sombras das mangueiras e cajueiros no local.

Inicialmente foram elaborados os projetos arquitetônicos e de instalação elétrica, hidráulica, sanitária e telefônica da sede do Lar de Clara e em seguida iniciada a construção em terreno de 2.628m² recebido de doação, e com materiais resultantes também de doações através de campanhas realizadas.

Em Dezembro/1999, foi inaugurado o refeitório, cozinha, despensa, lavanderia e banheiro.

Em Dezembro/2000, foi inaugurado o Setor de Saúde com ambulatório, consultório médico e consultório odontológico.

Em Dezembro/2001, foi inaugurada a escola com 6 salas de aulas, 2 banheiros, depósito e sala de reunião.

O resultado foi gratificante, pois hoje o Lar de Clara está com cerca da metade da obra concluída e atende a 350 famílias, compostas por cerca de 2.000 pessoas, das quais 500 são crianças. A Escola Clara de Assis alfabetiza crianças em dois turnos, os adolescentes tem oportunidades de fazer cursos profissionalizantes e amplia os horizontes de jovens e adultos através de alfabetização à noite.

O Lar de Clara desenvolve o senso ético de crianças; possibilita a laborterapia junto a idosos, promove palestras educativas para gestantes e adolescentes, proporcionando-lhes uma melhor qualidade de vida. O Lar de Clara serve diariamente cerca de 1.200 refeições à comunidade. Paralelamente, existe atendimento ambulatorial, médico e odontológico com ajuda de médicos, enfermeiros e dentistas voluntários.

O Lar Beneficente de Clara de Assis dá oportunidade a todos os assistidos e proporciona também que eles tenham uma vida capaz de satisfazer às suas necessidades básicas de convivência social, de saúde, profissionalização e consciência dos seus direitos e deveres de cidadãos.

O Lar Beneficente Clara de Assis tem como objetivos:

- Assistir às crianças no setor educacional, médico e odontológico, integrá-las na sociedade, bem como orientar às famílias destas no que diz respeito a harmonia, integração e higiene do lar e deveres que os mesmos têm para com os filhos e a sociedade.

- Orientar os adolescentes mostrando sua importância, dando-lhes noções de vida cristã, boa conduta, bom relacionamento no lar, na escola e na sociedade e encaminhá-los profissionalmente.

-Mostrar às gestantes a necessidade de um pré-natal bem feito para a sua saúde e de seu filho, dar-lhes noções de higiene, falar da importância da amamentação, orientá-las dos deveres e responsabilidades de uma boa mãe, ajudá-las com alimentação antes e pós parto e enxoval para o bebê.

- Desenvolver na comunidade um relacionamento solidário, cristão e de companheirismo.

- Criar um novo relacionamento entre pessoas de terceira idade na sociedade, instituindo a parceria como forma estabelecer compromisso, onde cada um assuma sua responsabilidade no combate à discriminação social.

O trabalho do Lar de Clara modificou a vida dessas pessoas, devolvendo a esperança, alegria e a certeza de dias melhores.

Em 22/10/2001, o Lar de Clara foi declarado de utilidade pública através da Lei Municipal nº 1.409/2001.

Em 16/12/2003, o Lar de Clara foi uma das 05 obras sociais vencedoras do PRÉMIO NACIONAL denominado "AMANCO POR UM MUNDO MELHOR", pelo trabalho desenvolvido no Lar de Clara, onde concorreu com 161 trabalhos de todo o Brasil.

Em 05/02/2004, o Lar de Clara foi registrado no Conselho Nacional de Assistência Social - CNAS sob o nº R0002/2004.

em Julho/2004, foi adquirido o terreno vizinho à sede do Lar de Clara com 2.400m², passando a área total do terreno para 5.028m².

No dia 16/10/2004, foi inaugurada a sala de informática com a instalação de 20 computadores doados pelo Banco do Brasil, sendo beneficiados cerca de 80 alunos por ano com o curso de iniciação em informática. Em Novembro/2006, esses computadores foram conectados à internet através de rádio, que abriu "horizontes" e possibilitou uma significativa melhoria nos cursos ministrados.

Na ocasião da inauguração da sala de informática, em 16/10/2004, houve também a primeira apresentação do Coral Infantil denominado "Clara Música" (Coral, Flauta e Percussão), formado por 60 crianças assistidas pela instituição. Desde então, o Coral Infantil "Clara Música" vem se apresentando em vários locais públicos e eventos, com resultados muito bons, dando oportunidades às crianças de conhecerem a música, elevando suas autoestimas, tirando-as da situação de risco.

Em 24/11/2006, o Lar de Clara foi agraciado com o "PRÊMIO DA CONSTRUÇÃO 2006" promovido pelo SINDUSCON-CE na Categoria Responsabilidade Social.

Em Novembro/2006 foi construído um aprisco para abrigar a criação de matrizes caprinas leiteiras da Raça Francesa Saanen, com a finalidade fornecer leite para combater a desnutrição infantil. Foi iniciada a operação do Projeto Piloto denominado "Nosso Leite" com 6 matrizes caprinas leiteiras, que passaram a fornecer cerca de 300 litros/mês de leite de excelente qualidade e valor nutricional, atingindo resultados fantásticos. Cada uma das 40 crianças beneficiadas com esse projeto piloto passaram a consumir o leite de cabra, ganhando cada uma cerca de 1Kg no peso em apenas 1 mês.

Em 15/12/2007 foi inaugurada uma quadra poliesportiva, onde hoje funciona o "Projeto Craque Nota 10" que atende a cerca de 200 jovens e crianças nas modalidades de futsal, basquete, vôlei, tênis e xadrez. Em Fevereiro/2008 recebemos a visita do tenista Gustavo Kuerten, O Guga, e do cantor e compositor Fágner, que vieram conhecer a obra e nos prestigiar com suas presenças.

De outubro/2008 a Janeiro/2009, a escola foi ampliada através da construção de mais 5 salas de aulas, cuja obra foi custeada pelo Governo Japonês através do seu consulado em Recife.

A Sra. Érika Maria Ábelem Ximenes é a atual presidente, tendo o Sr. Ricardo Miranda como Diretor Vice-Presidente.

CASA DA CARIDADE DR. ADOLPHO FRITZ

A Casa da Caridade Dr. Adolpho Fritz foi criada no ano de 2000 para dar continuidade aos trabalhos de cirurgia espiritual, evangelização e distribuição de sopa desenvolvidos no município de Maranguape-CE, de 1995 a 1999.

Roberto Barbosa, Erika paiva, Isabel Cristina, Fátima Paiva, Dania Parente e Fábio Nunes, integrantes da equipe de Maranguape, mudaram-se para Fortaleza com o propósito de prosseguir com o trabalho de caridade na capital cearense. Foi então que ainda em 1999, o grupo recebeu de Maria da Conceição Barbosa a doação de dois lotes no Conjunto Santa Filomena, no bairro Jangurussu. No ano seguinte foi iniciada a construção de um pequeno galpão com uma varandinha.

Na tarde do domingo de 13 de agosto de 2000, foram iniciadas as primeiras atividades da Casa da Caridade: o tratamento espiritual (TE) e a cirurgia espiritual. "Acreditamos que quaisquer trabalhos espíritas devem estar respaldados no Evangelho" fala Roberto. Os trabalhos iniciais contaram com vários colaboradores, inclusive uma parte da equipe de Maranguape participava toda semana das reuniões mediúnicas de desobsessão.

As cirurgias espirituais eram realizadas pelo médico Mauro(espírito), por intermédio do médium Roberto. Em seguida integraram a equipe de cirurgia as médicas Flávia, por meio da médium Dania, e Clara com a médium Erika. As cirurgias eram realizadas aos domingos à tarde.

Os primeiros pacientes das cirurgias espirituais foram os trabalhadores da Casa e os participantes do TE. Aos poucos, alguns membros da comunidade começaram a frequentar a Casa em busca das cirurgias espirituais.

Com o objetivo de formar médiuns, pois até então as mediúnicas eram realizadas uma vez por semana com o auxílio da equipe mediúnica de Maranguape, foi realizado o estudo mediúnico sob a coordenação de Roberto Barbosa.

Hoje a Casa da Caridade Dr. Adolpho Fritz tem atividades variadas. É dirigida por um conselho deliberativo e está sob coordenação espirituais do médico Adolpho Frtiz, realiza cirurgias espirituais aos sábados e faz tratamento de angústia, depressão e tristeza(ADT), o número de pacientes cresce a cada dia. Temos hoje ainda os tratamentos pós cirúrgicos(Reiki, Cromoterapia).

O Sr. Dênio Lopes é o atual coordenador de ações sociais.


CASA VIDA - INSTITUTO DO CÂNCER DO CEARÁ

A casa de apoio do ICC - Casa Vida foi criada pela Rede Feminina do Instituto do Câncer com a finalidade de amparar e abrigar as pessoas comprovadamente carentes que realizam o tratamento no Hospital do Câncer, oriundas do interior do Estado e que não têm um lugar apropriado para lhes dar abrigo e alimentação em Fortaleza.

Atualmente tem capacidade para atender cerca de 80 pessoas. Fornece hospedagem ao paciente e seu cuidador e ações de multiprofissionais, como: médico, enfermeiro, psicólogo, nutricionista, terapeuta ocupacional e voluntários que auxiliam nos cuidados e oficinas artísticas.

O Dr. Lúcio Alcântara é o atual presidente.

ASSOCIAÇÃO DE ASSISTÊNCIA SOCIAL CATARINA LABOURÉ - CASA DE NAZARÉ

Somos uma INSTITUIÇÃO FILANTRÓPICA fundada em 15 de Novembro de 1.941, sem fins lucrativos e de utilidade pública dirigida pela Companhia das Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo de Fortaleza. Nosso esforço é o de assistir a idosas desamparadas, em relação à sua saúde física e bem-estar mental, sem discriminação de cor, credo religioso, político ou condição social, observando sempre as disposições legais.

Oferecer, às idosas, experiências que proporcionem a todas a aceitação e compreensão de que necessitam.

Enfatizar sua importância por sua condição humana, pelo que ofereceram à sociedade, no passado, e pela experiência e sabedoria de vida que podem oferecer hoje.

A Irmã Josenira da Silva é a atual Coordenadora de Ações Sociais da Entidade.

SOCIEDADE DE ASSISTÊNCIA AOS CEGOS - INSTITUTO DOS CEGOS

A história da Sociedade de Assistência aos Cegos - SAC, é feita de inúmeros atos de amor, coragem e acima de tudo, da crença de que todos os seres foram criados por Deus, não importando sua cor, raça, credo ou limitações.

Fundada em 02 de Agosto de 1942, vivia o mundo sob os auspícios da 2ª Grande Guerra Mundial, época em que a marca qualitativa da valorização do homem dava-se em razão de determinados requisitos estéticos hereditários e não em razão de seus valores morais.

Foi exatamente nesse conturbado período da humanidade que o médico oftalmologista Dr. Hélio Góes Ferreira, Padre Arquimedes Bruno e Desembargador Eugênio Avelar Rocha, iniciaram nesta entidade esse sublime trabalho em favor do ser humano, visando liberta-lo de sua obscuridade e limitações, dedicando assim, grande parte de sua existência em prol dessa causa que foi seu ideal de vida. Quando partiu em 1976, deixou implantada nas consciências de seus seguidores esse mesmo ideal que os levou também a investirem suas existências no sentido de vencer os desafios que lhes foram impostos e de provar que o HOMEM enquanto SER, é capaz de transpor qualquer obstáculo.

Há de ressaltar o notável trabalho do ROTARY que sempre ajudou a Sociedade desde a sua criação até a inauguração do Bloco Cirúrgico Casa da Amizade. Referido Centro foi construído com a renda da Festa das Nações de 1966 idealizada pela 10ª Região Militar e Casa da Amizade. NA ÁREA DE EDUCAÇÃO a SAC é mantenedora dos seguintes setores:

Instituto Hélio Góes: fundado em 1943 sob o nome Instituto de Cegos do Ceará, é a escola pioneira em todo estado para a educação de deficientes visuais. Após o falecimento do Dr. Hélio Góes Ferreira em 1976, recebeu por sugestão do Dr. Waldo Pessoa o nome que hoje detém, numa justa homenagem do fundador desta entidade. Empregando o método Braille para portadores de cegueira total, e usando caracteres aumentados para portadores de visão subnormal, recebem em ambos os casos a orientação de uma equipe interdisciplinar, composta de Psicóloga, Fonoaudióloga, Fisioterapeuta, Terapeuta Ocupacional, Odontologia, Pediatra, Oftalmologista, Técnico em Orientação e Mobilidade, Serviço Social, Professor de Educação Física, Hidroginástica e Hidroterapia. Atendimento filantrópico. Todo seu corpo docente é especializado em Deficiência Visual. Atendimento filantrópico.

Especialização de Docentes na Área de Deficiência Visual: criado em 1996, esse setor promove, sem nenhum ônus para o governo, a especialização de professores na área de DV, preenchendo uma lacuna existente na educação especial no estado do Ceará. A SAC, é a única entidade não governamental, reconhecida pelo Conselho de Educação do Ceará, para promover essa especialização. Incluído na grade curricular desse curso, o estudo no Sistema DOSVOX, interface sonora que propicia a pessoa cega o uso do computador, inclusive com programas para alfabetização.

Biblioteca Braille Josélia Almeida: criada nos anos 70, recebeu em 1994 o nome que hoje detém, em homenagem a essa Diretora, por seu empenho ao crescimento e modernização dessa biblioteca que continua a ser a única biblioteca Braille existente no Ceará. Aberta a todos os deficientes visuais, sem exceção, promove através da sala de leitura, atividades como: oficinas de textos, narrações de histórias, vídeos, iniciativa à leitura em braille, além de orientar a pesquisa escolar. Atendimento filantrópico.

Imprensa Braille Rosa Baquit: instalada em 1993, essa Imprensa de procedência norueguesa, foi adquirida com recursos próprios da SAC. Recebe o nome da genitora do Sr. Alberto Baquit, membro do Conselho da SAC, por haver sido o mesmo, o grande incentivador da implantação desse setor. Sua finalidade prioritária é suprir a carência de livros didáticos e curriculares em Braille. Atende a todos os deficientes visuais indistintamente no que diz respeito a transcrever livros de línguas estrangeiras, bem como na elaboração de apostilas dos diversos cursos ofertados pela SAC. Recentemente esta imprensa deu mais um passo em prol da cidadania dos deficientes visuais: propicia aos mesmos a leitura diária de jornais locais impresso em Braille. É bom lembrar que o homem já foi à lua, o mundo está entrando para o terceiro milênio e só agora os deficientes visuais do Ceará (ou do Brasil?) puderam ter acesso a leitura diária de um jornal em Braille. Essa atividade tão corriqueira para as pessoas ditas normais, só agora está ao alcance dos deficientes visuais, graças ao advento da Internet ligada à Imprensa Braille e essa, ligada à vontade de fazer da diretoria da SAC. O que parecia impossível, tornou-se realidade. Atendimento filantrópico.

Setor de Profissionalização: realiza cursos que visam promover o desenvolvimento profissional da pessoa cega e, ou portadores de visão subnormal. O grande volume de cursos ofertado, tais como: Operador de Câmara Escura, Fabricação de Bengalas, Fabricação de Vassouras, Empacotamento, Bijuteria, Empalhamento, Tapeçaria, Datilografia em Braille, Datilografia em Negro, Áudio Locução, Telefonia, Telemarketing, DOSVOX e Inglês para Informante Turístico. Em 1996 foi criado o 1º Núcleo de Expansão da SAC, local onde hoje são ministrados a maioria desses cursos. Apenas alguns, deles ainda continuam a serem ministrados na sede desta Entidade. Atendimento filantrópico.

NA ÁREA DE SAÚDE, a SAC é mantenedora dos seguintes setores:

Hospital Alberto Baquit Junior - criado em 1966 pelo Rotary Clube, recebeu inicialmente o nome de Centro Cirúrgico Casa da Amizade. Em 1980 foi totalmente reformado e equipado sob os auspícios do Sr. Alberto Baquit, recebendo o nome que hoje detém numa homenagem póstuma a seu filho primogênito. Esse hospital é responsável por todos os eventos cirúrgicos oftalmológicos de pequeno, médio e grande porte, inclusive transplante de córnea, cirurgias a laser e exames especiais sob sedação. Sua clientela é oriunda de convênios, particular e SUS (Sistema Único de Saúde). Mantém atendimento filantrópico a crianças de 0 a 12 anos oriundas da Unidade de Prevenção à Cegueira Cel. José Bezerra de Arruda, desta entidade.

Unidade de Prevenção à Cegueira Cel., José Bezerra de Arruda - a prevenção à cegueira, foi a primeira atividade da SAC, atendimento a portadores de deficiência visual para posteriormente encaminhá-los ao Instituto Hélio Góes que como já dissemos, foi a primeira escola especializada para o deficiente visual no Ceará. Esse setor recebeu outros nomes ao longo do tempo. Foi durante muitos anos "ambulatório para prevenção à cegueira", depois passou a ser "Preventório Cláudio Martins", até que em 1968, com o advento do hospital, essa atividade ficou sendo ali realizada. A partir daí esta entidade, passou a realizar também programas de prevenção à cegueira nas escolas tanto da rede pública como particulares. Essas ações que permanecem até hoje, são promovidas por médicos e professores da SAC e já beneficiaram um número incontável de crianças tanto de Fortaleza como do interior do estado. Em 1994, esse setor recebeu o nome do Cel. José Bezerra de Arruda ex-presidente desta entidade, numa homenagem póstuma. Atendendo a crianças de 0 a 12 anos, este setor promove atendimento a portadores de visão subnormal através dos setores de Estimulação Visual e Estimulação Precoce, além de encaminhar grande parte dessa clientela para a escola desta entidade. Atendimento filantrópico.

Banco de Olhos do Ceará - fundado em 1976, pelo oftalmologista Dr. Francisco Waldo Pessoa de Almeida, recebeu inicialmente o nome de Banco de Olhos Dr. Hélio Góes Ferreira, passando pouco tempo depois a receber o nome que até hoje ostenta. Foi o primeiro banco de olhos a ser fundado no Ceará. Instalado na sede da SAC, esse banco promove mensalmente missa em sufrágio da alma dos doadores de cada mês. Atendimento filantrópico.

Unidade Oftalmológica Iêda Otoch Baquit - criada em 1985, recebeu numa homenagem póstuma o nome dessa Diretora, que durante algum tempo, ficou a frente da Tesouraria desta entidade. Modernamente equipada, esse setor atende aos portadores de patologias oftalmológicas diversas, através de consultas, exames especiais e de procedimentos a laser, tais como: Fotocoagulação à laser / Iridectomia à laser / Capsulectomia a Laser / Retinografia Fluorescente / Fototrabeleculoplastia / Mapeamento de Retina Topografia / Microscopia Especular / Ecografia / Campo Visual Computadorizado / Biometria Ultra-sônica e Criopexia. Contando com cinco consultórios, seu corpo clínico é formado de vinte e cinco oftalmologistas. Atende a clientela proveniente de vários convênios, SUS e particular. Mantém atendimento filantrópico a todos os deficientes visuais assistidos pela SAC, bem como aos oriundos das Campanhas de Prevenção à Cegueira.

Lendo os primeiros estatutos da SAC, bem como acompanhando as reformas a que os mesmos foram submetidos em função de sua adequação ao longo do tempo, vemos com clareza que a pretensão maior do trabalho desta entidade, está implícita no propósito não só de delinear, como também de promover os meios de provar a grande diferença existente entre deficiência e invalidez, as quais antes da existência da SAC, eram consideradas em todo estado do Ceará como sinônimas, não só pelas autoridades governamentais, como também pela sociedade em geral e até mesmo pelos próprios familiares de cegos.

Nitidamente, com a leitura das atas do Conselho Deliberativo e da Diretoria Executiva, vamos acompanhando a formação de uma nova mentalidade, não somente no espírito do deficiente visual que vai passando a acreditar em suas próprias potencialidades, mas também nas famílias dos mesmos e na sociedade como um todo. Aos poucos vai sendo provado que essas potencialidades, se desenvolvidas adequadamente, irão proporcionar aos mesmos as condições de conduzirem suas próprias vidas, sem dependerem da piedade alheia.

Tivemos a imensa felicidade de ter confirmada ao vivo toda essa trajetória da SAC que vai da sua implantação, aos primeiros quatro anos de funcionamento com imensa riqueza de detalhes, pelo seu 1º Presidente, Padre Arquimedes Bruno (1942/1946), em visita a esta casa, em outubro/1997. Morando na França desde os anos sessenta, Padre Arquimedes ficou visivelmente emocionado ao rever esta entidade e definiu a SAC, como uma obra "fruto de uma série de corações sensíveis às necessidades do próximo e de vontades decididas em provar o valor do homem diminuído numa parte do seu esforço, mas íntegro na capacidade do seu espírito."

Sra. Maria Josélia Sá e Almeida é a atual Diretora-Presidente da Sociedade de Assistência aos Cegos - Instituto dos Cegos.


ANBEAS - LAR NOSSA SENHORA DE FÁTIMA

O Lar Nossa Senhora de Fátima, Albergue Assistencial/Casa de Passagem, encontra-se localizado em sede própria na Rua Teresa Cristina, 460 - Centro.
É administrado e mantido pela Associação Norte Brasileira de Educação e Assistência Social - ANBEAS, entidade civil, de natureza confessional, beneficente, filantrópica, de caráter educacional e de assistência social e sem fins lucrativos.
Criado em 14/09/02 e fundado em 25/01/03, é uma das formas de expressão do carisma saviniano em Fortaleza-Ce, servindo de marco comemorativo dos cem anos de vida e missão da Congregação das Irmãs dos Pobres no Brasil.
É constituído por um único prédio, com acomodação em dois andares, equipado com itens de segurança, como combate a incêndio, elevador, rampa, corrimãos e segurança eletrônica e possui capacidade para acolher mais de 70 pessoas diariamente.
O albergue recebe atualmente pacientes oncológicos encaminhados pelo Instituto do Câncer do Ceará - ICC, Centro Regional Integrado de Oncologia - CRIO, Santa Casa, Hospital Geral César Cals, e pacientes em condições de pré e pós-transplante renal e hepático encaminhados pelo Hospital Universitário Walter Cantídio (Hospital das Clínicas) e Hospital Geral de Fortaleza - HGF.
Tem como atual diretora local a Ir.Vitória Régia e Silva que conta com a colaboração de mais duas Irmãs: Raimunda Nonata e Maria Carvalho, alguns funcionários e voluntários cadastrados que prestam serviços gratuitos de acordo com a sua disponibilidade e aptidões: palestrantes, recepcionistas, psicóloga, psicopedagogas, animação litúrgica, fisioterapia, terapia ocupacional, serviços culinários, grupos de oração e louvor e outros colaboradores.
O objetivo geral da instituição é acolher pessoas carentes que buscam tratamento de saúde em hospitais e casas de saúde de Fortaleza, especialmente os doentes de CA que são acolhidos e permanecem o tempo necessário para a realização de consultas, exames e tratamentos como radioterapia, quimioterapia, fisioterapia, iodoterapia e outros, conforme a necessidade de cada um.
Enquadra-se no perfil dos beneficiados pelo LNSF o paciente com idade mínima de 18 anos, que não possui doença infecto-contagiosa, não possui renda superior a um salário mínimo, não tem familiares residentes em Fortaleza, dispõe de uma pessoa para lhe acompanhar durante a sua permanência na Instituição e traz consigo um encaminhamento por escrito fornecido pelo hospital solicitante da vaga.
A assistência médica é feita pelo hospital onde cada paciente realiza seu tratamento: CRIO, Santa Casa, ICC, Hospital Geral, Hospital das Clínicas, Hospital César Cals.
O albergue já está no seu décimo segundo ano de existência e continua oferecendo aos seus acolhidos,durante todo o período de tratamento, sete refeições diárias, noções de higiene e conservação da saúde, atendimento psicológico, psicopedagógico, terapia ocupacional, atividades de lazer e recreação e encontros de formação humana e espiritualidade.

Foto da Fachada da ANBEAS - Lar Nossa Senhora de Fátima
Sede Atual - Rua Tereza Cristina, 460 - Centro.


ABENJ - ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE E EDUCACIONAL NOVA JERUSALÉM

Uma Associação comprometida com a vida de crianças e adolescentes, em situação de vulnerabilidade social, atendendo suas principais necessidades educacionais, espirituais, sociais, físicas e econômicas, através do ensino da Palavra de Deus e do Apoio Escolar.

NOSSA HISTÓRIA

Tudo começou em 2001, quando um grupo de evangélicos sensibilizados com a situação de pobreza no qual se encontrava uma das favelas urbanas da capital cearense, iniciou um trabalho com as crianças e famílias da área. A falta de higiene, saneamento básico, educação e desnutrição das crianças eram características marcantes do bairro.Da iniciativa de querer ajudar, surgiu a ABENJ, priorizando em seus programas a infância e a adolescência em situação de vulnerabilidade social, atendendo hoje cerca de 146 crianças em idade escolar.Inicialmente, a ABENJ atendia os moradores do Bairro Lagamar. Após a mudança das instalações da Igreja Presbiteriana Nova Jerusalém para o Bairro Cidade 2000, houve a necessidade de atendimento a população deste bairro e adjacências. Entre as comunidades atendidas estão: Pau Fininho, Gengibre e Barreiros.

PROGRAMA DE ATENDIMENTO

  • Apoio Escolar e Nutricional;
  • Orientação Espiritual;
  • Acompanhamento Psicológico;
  • Atividades Culturais, Esportivas e de Lazer;
  • Tratamento Odontológico e Oftalmológico;
  • Marcenaria Integral;
  • Flauta e Percussão;
  • Oficinas e Palestras;
  • Clube de Mães;
  • Merenda Escolar;
  • Visitas as Famílias;
  • Informática;
  • Inglês;
  • Jiu Jitsu.

A Sra. Hérika Janayna Bezerra de Menezes Macambira Marques é a atual presidente da ABENJ.

 

Foto das dependências da ABENJ - ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE E EDUCACIONAL NOVA JERUSALÉM
Sede Atual - Av. das Castanholeiras, 155 - Cidade 2000.

 


SAERG - SOCIEDADE DE ASSISTÊNCIA E EDUCAÇÃO RURAL DE GUANACÉS

A SAERG, Sociedade de Assistência e Educação Rural de Guanacés, é uma entidade sem fins lucrativos fundada em 12 de agosto de 1951.É considerada de utilidade pública pela Lei Municipal nº 812/96 de 25.03.1996. Seu Estatuto foi publicado no Diário Oficial do Estado do Ceará no dia 20.05.1952.CNPJ 07.386.840/0001-83, teve como primeiro presidente o ilustre Dom Miguel Fenelon Câmara Filho, que é atualmente o Arcebispo Emérito de Teresina. A SAERG é presidida atualmente por José Otávio Santos de Almeida Braga, tesoureiro Meton Sampaio e secretária Francy Sampaio. A Sociedade dentro dos princípios do seu Estatuto, está desenvolvendo atualmente uma Escola de Música, com atividades teóricas e prática musical, grupo regional e grupo coral; Escola de Datilografia, Escola de Computação, Biblioteca, Clínica Médica, Clínica Odontológica e ajuda na área rural com distribuição de mudas de fruteiras.Escola de Música arregimenta atualmente 135 jovens. Quem não tem afinidade com as aulas de teoria musical, frequenta o curso de informática. O trabalho da entidade já revelou talentos: Além dos músicos que se destacam, jovens vão à Fortaleza, para os cursos universitários, onde já temos uma jovem formada em Direito, dois estudantes estão fazendo o curso de Engenharia de Alimentos, e outros frequentam faculdades de Música, Administração e Contabilidade, além dos estágios que a Direção da SAERG consegue para seus alunos nas empresas da capital.O trabalho da SAERG no Distrito de Guanacés é inteiramente independente, não tendo nenhuma ligação política ou governamental, e a atual diretoria da entidade ressalta o apoio significativo de empresas e pessoas que vendo a necessidade de integração do fator social para o melhoramento das condições dos carentes, dão sua ajuda para a manutenção da obra. Dentro do programa de apoio à comunidade, a SAERG pretende fortalecer e manter estabelecimento de formação rural e assistência na manutenção dos programas cultivados.


RECANTO DO SAGRADO CORAÇÃO

A história do Recanto do Sagrado Coração tem suas origens fundadas no trabalho desenvolvido pelas irmãs Vicentinas, as quais em 02 de novembro de 1917, criaram o Dispensário dos Pobres do Sagrado Coração de Fortaleza, associação civil e religiosa, de direito privado e caráter formativo/assistencial, sem fins lucrativos, sediada na avenida da Universidade 3106 - Benfica, Fortaleza-CE, Inscrita no CNPJ 07.370.422/0001-06.
O Dispensário dos Pobres, desde o início, manteve um caráter beneficente, visando resgatar a dignidade da pessoa humana através da promoção integral, visto que a sua atividade social tem sido sempre de acordo com as necessidades dos mais necessitados.
Numa trajetória de mais de oito décadas de serviços em favor dos pobres, o Dispensário já prestou diferentes modalidades de serviço sob a direção das Senhoras Católicas, assistindo a velhice abandonada, através de distribuição de viveres, remédios e visitas domiciliares.
No final da década de 1920, as Filhas da Caridade, assumiram as obras sociais do Dispensário, dando continuidade a ação caritativa, levando às famílias não só ajuda material, mas o conforto de sua presença amiga e da palavra orientadora para suas vidas.
Como necessidade imperiosa, as Irmãs se dedicaram também ao serviço de Educação às crianças carentes, abrindo uma Escolinha para acolher as netas das idosas que eram atendidas no Dispensário. A Escolinha funcionou até 1998 e encerrou suas atividades por falta de recursos.
Em 1998, com o fechamento da Escolinha, no dia 28 de Agosto, o serviço dos pobres assumiu outra modalidade: a criação de abrigamento para assistir a velhice desamparada, finalidade de suas origens, de forma material e espiritual, procurando ofertar melhores condições de vida nesta fase etária.
Hoje o Recanto Sagrado Coração de Fortaleza, desenvolve o Projeto "A Arte de Envelhecer", cujo objetivo é proporcionar qualidade de vida a 30 (trinta) senhoras em regime de abrigamento, com faixa etária acima de 60 anos, oriundas de vários locais, municipal e Estadual. Além disso, realiza trabalhos com pessoas em situação de rua através do Projeto "Globalização da Caridade", visando proporcionar, diariamente, atendimento a 130 (cento e trinta) beneficiários, dos quais 90% são do sexo masculino e acessam local para banho, lavanderia, oficinas profissionalizantes e alimentação material e espiritual. Ademais, como extensão deste trabalho, foi fundada uma comunidade Terapêutica em Aquiraz-CE, que desenvolve o Projeto Novos Céus Nova Terra atendendo cerca de 30 homens, com idade acima de 18 anos, que buscam reabilitação para a situação de drogadição.
A obra do Recanto do Sagrado Coração é genuinamente Vicentina, por isso goza da mesma estima e doação daqueles que caminharam até o momento com sua ação caritativa. Cumpre acrescentar que a partir de 20/06/2012, o Dispensário dos Podres mudou sua razão social para Associação de Assistência Social Catarina Labouré, cujo nome fantasia é Recanto do Sagrado Coração.

MISSÃO

Promover o desenvolvimento humano através de ações de caridade e assistenciais para a velhice desamparada e proporcionar a população que vive nas ruas, oportunidade para retorno a uma moradia com dignidade.

VISÃO

Ser reconhecida como uma instituição assistencial civil proativa, eficaz, transformadora da realidade social, acessível ao cidadão, promotora dos direitos fundamentais e dos interesses sociais voltados para o idoso e para a população em situação de rua. A Irmã Josenira da Silva é a atual Diretora.


FUNDAÇÃO RAIMUNDO FAGNER

Nossa Missão

"Promover o crescimento integral do ser humano, relacionando desenvolvimento e aprendizagem, cultura e educação. Investindo na formação de gerações futuras dos jovens e acreditando que estes sejam capazes de transformar suas realidades".
A Fundação Raimundo Fagner foi criada em abril de 2000 na cidade de Orós, numa iniciativa do cantor e compositor Raimundo Fagner que, preocupado com o contexto de pobreza e exclusão social das famílias do município, resolve investir na educação complementar para o desenvolvimento de 200 crianças e adolescentes na faixa etária de 7 - 17 anos, em situação de risco social, matriculados na rede pública de ensino.
Iniciou suas atividades em parceria com a Fundação Banco do Brasil/Programa AABB Comunidade. A partir de 2003, com a implementação da Fundação na periferia de Fortaleza e a conquista de novos parceiros financiadores, decidiu-se pelo fortalecimento das ações da entidade através do Projeto Aprendendo com Arte, com foco na música. A realização de cursos de sensibilização nas áreas da arte e a utilização de novas abordagens pedagógicas e metodológicas fazem com que as 400 crianças e adolescentes participantes do projeto apresentem como resultado das atividades desenvolvidas os Grupos de Flautas, os Grupos Vocais, o Grupo de Violão, os espetáculos O Bumba-Meu-Boi da Fundação, Romeu e Julieta - de William Shakeaspeare, Os Jesuítas e sua Música para a Catequese e Siará Grande, além dos Grupos de Capoeira e Percussão constituídos. Oferece ainda ferramentas que contribuem para o desenvolvimento humano através do fortalecimento de aspectos relacionados a educação formal, como o incentivo a leitura; atividades orientadas para o desenvolvimento da criatividade e relacionamento grupal; integração de atividades pedagógicas as ações de saúde; ações de cidadania e de fortalecimento das relações familiares.
O Projeto conta com diversos espaços destinados ao desenvolvimento das ações culturais e educativas, abaixo relacionados:

Fortaleza:
Um espaço com 7.000 m² de área, adaptado especialmente para o desenvolvimento das atividades a que se propõe a Fundação, situado no bairro Parque Itamarati, na periferia de Fortaleza, bairro populoso e carente de equipamentos públicos que possam prestar esse tipo de atendimento. Dispõe de salas de aulas equipadas (música - flauta, violão, coral, percussão e história da arte), dança (capoeira, danças folclóricas), artes plásticas, salas de som e vídeo, acompanhamento da leitura e da escrita, literatura, laboratório de informática(informática básica, musica e tecnologia), além de piscina, campo de futebol, e áreas de lazer. Abriga ainda a exposição Raimundo Fagner - Vida e Obra, constando o acervo de 30 anos de carreira do cantor e compositor Raimundo Fagner - Presidente da Fundação.
Orós:
Um espaço de 3.100 m², com quadras poliesportivas, de futebol, vôlei, tênis, piscina, salas de atividades artísticas e educacionais, laboratório de informática(informática básica e projeto canteiros musicais) biblioteca e videoteca.

A Sra. Tereza Cristina Tavares Gondim é a atual Diretora.


ENTIDADE BENEFICIADA EM 2002: FOTOS DA SOLENIDADE E VISITA DE ENTREGA DAS DOAÇÕES AO IPREDE



ENTIDADE BENEFICIADA EM 2003: FOTOS DA SOLENIDADE DE LANÇAMENTO DA CAMPANHA AMIGOS EM AÇÃO 2003, ESTOCAGEM DAS DOAÇÕES EM NOSSA EMPRESA E VISITA DE ENTREGA DAS DOAÇÕES AO HOSPITAL DA MISERICÓRDIA DE FORTALEZA


Busca de Imóveis















Refine sua busca: